31 de maio de 2021

HOSPITAL BRASIL

Cires Canisio Pereira

Enfermarias apinhadas

De tristes acamados

Leitos abarrotados

De enfermos sem os seus.

E Jalecos impotentes



UTIs estranguladas

Intensivistas em desespero

Protocolos já surrados

Postos no “automático.


E jalecos fatigados.


Almoxarifados esgotados

Fármacos raros e caros

Insumos pífios e inflacionados

Ohhh, inclemente mercado

Deixe de olhar apenas pra si!


Ruas, outrora empanturradas de “nem aís”

Agora, leitos dos apressados e dos apreensivos

Muitos rumam em busca de diagnósticos

Outros por notícias dos entes mais caros

Num país desgovernado e com poucos imunizados.

Nenhum comentário:

ESPECULAÇÃO SOBRE O TEMPO

CIRES PEREIRA Senhor imaterial das vidas humanas Divindade colossal sem seguidores Referência nada mensurável Suserano que prescinde de baju...