16 de abril de 2021

Pensando bem...

Professor Cires

Bolsonaro leu com atenção o clássico de Nichollo Maquiavelli, “O Príncipe”. Sobretudo, o excerto em que o autor assevera, com os requintes de sempre, acerca da “virtu” que em síntese significa a capacidade do governante em se adequar às circunstâncias pra continuar à frente do poder que o coletivo lhe havia conferido.

Bolsonaro, neste ponto, tem aplicado relativamente bem o conselho de Maquiavel, mantendo Pazuello na pasta da saúde e atribuindo ao seu comandado todos os erros na condução da pasta em tempos pandêmicos. Bolsonaro sabe que os seus eleitores, cuja maioria padece de idiotia crônica, preferem responsabilizar o seu comandado e não ele. A todo momento, ouvimos por aí: “não podemos culpar o governo, temos que nos unir (e orar) pra enfrentar a crise”.

Com isso, Bolsonaro espera continuar com cacife eleitoral pra reeleger-se, garimpando votos de uma espessa fração do eleitorado, de pouca instrução, que crê no seguinte paradoxo: o governo e o ministro pazuello erram, mas Bolsonaro não tem culpa disto.
Trata-se de uma estratégia de risco calculado, mas é a única que ele no momento vislumbra.
Enfim, Bolsonaro sabe que parte do público instruído que colaborou pra o seu êxito está pulando fora da barcaça. Reforçam esta tese, as carreatas pelo impeachment neste domingo, conduzidas pelos movimentos direitistas “Vem pra rua” e “MBL”.

Em verdade lhes escrevo, Bolsonaro é um ex-oficial militar, egresso das hostes ultraconservadoras do oficialato e de viés inafastavelmente fascista. Todos os seus eleitores instruídos sabiam e sabem disto, portanto são responsáveis por uma lambança que impediu que vidas humanas fossem poupadas.
Não dá pra não fazer um balanço abdicando de imputar responsabilidades.

Bolsonaro é o Presidente da República e cometeu inúmeros crimes, é preciso removê-lo donde se encontra e joga-lo na cela, obviamente seguindo todo o processo que o Estado de Direito Democrático estabelece. E isto precisa ser feito imediatamente, pois mantê-lo lá implica em mais perdas humanas.

Pra enfrentarmo esta crise sanitária temos que remover do poder aqueles que, ao minimiza-la e/ou negá-la, se acumpliciam com o Coronavírus, afinal de contas este causa no máximo “uma gripezinha”.

Nenhum comentário:

ESPECULAÇÃO SOBRE O TEMPO

CIRES PEREIRA Senhor imaterial das vidas humanas Divindade colossal sem seguidores Referência nada mensurável Suserano que prescinde de baju...