1 de fevereiro de 2021

Planeta Preto e Amarelo

 CIRES PEREIRA

Os “negros e as negras” brasileiros não descendem de escravos como afirmam os livros, descendem dos povos africanos. Os africanos originários que vivem na África e seus descendentes espalhados em todos os cantos do Planeta nos fazem concluir que nosso mundo é majoritariamente”preto” e “amarelo” (chineses, japoneses, coreanos e outros). Os “brancos” precisam reconhecer e respeitar esta condição.
O continente africano concentra mais linguagens e culturas que qualquer outro continente e, mesmo com todo tipo de exploração perpetrada pelos brancos europeus imperialistas, continua sendo o segundo espaço maia populoso e o mais diversificado da terra.
Pensar e construir uma nova geopolítica no planeta ignorando as legítimas e necessárias demandas africanas, como sempre ocorreu, implica em desrespeito aos africanos. É preciso preservar ambiente naturalmente rico e modificar o ambiente socialmente miserável da nossa “Mãe África”.
Que Biden, Macron, Johnson, Putin, Merkel e a ONU levem em conta isto, se quiserem realmente tornar o mundo um pouco melhor. Do contrário continuaremos a vê-los como “porcos imperialistas”

Nenhum comentário:

ESPECULAÇÃO SOBRE O TEMPO

CIRES PEREIRA Senhor imaterial das vidas humanas Divindade colossal sem seguidores Referência nada mensurável Suserano que prescinde de baju...