1 de fevereiro de 2021

Há 2.026 anos, nascia Jesus

Cires Canisio Pereira

Jesus ou Joshua era filho de José, um carpinteiro, e de Maria que, segundo dogma cristão, foi concebido pelo Espirito Santo. A criança nasceu em 6 a.C, no reinado de Herodes I, morto em 4 a.C., época em que Israel era parte integrante do Império Romano, portanto era um “Estado Cliente”.
É pouco provável que Jesus tenha nascido em 25 de dezembro. Era um dia tradicional de festejos por conta do solstício de inverno e a noite mais longa do ano. A propósito, a Bíblia não menciona esta data, logo o 25 de Dezembro foi uma escolha da igreja, muito provavelmente seis séculos depois, a ideia era que coincidisse com as festas de fim de ano. Ficou então decidido que seria uma semana antes da passagem do ano.
Sobre a vida de Jesus, convém que se leis os quatro Evangelhos Canônicos, que constam no Novo Testamento e escritos por Marcos, Mateus, Marcos, Lucas e João.
Segundo o Evangelho de Lucas, Jesus nasceu em Belém, isto porque o imperador Augusto determinou que se fizesse um censo em todo o Império e todos deveriam retornar às suas cidades de origem pra esta contabilidade demográfica. Ora José, pai de Jesus, era de Belém e, por isso, levou Maria. O parto acabou ocorrendo em Belém.
Mateus relata que José sonhou que sua esposa, mesmo virgem, se engravidara é que teria sido obra do Espírito Santo. Quando Jesus nasceu, os reis magos, provenientes da Pérsia (atual Irã) seguiram uma estrela que os conduziu à Belém.
Depois de um tempo no Egito, a família retornou à região mas optou por morar na cidade de Nazaré, na Galileia. Essa evasão para o Egito, teria ocorrido pra escapar de uma sentença de morte anunciada pelo Rei Herodes.
Mateus escreveu que o Rei, indignado com a noticia do nascimento daquele já considerado o “Filho de Deus", determinou a execução de todos os bebês nascidos em Belém.
Foi no governo de Herodes Antipas (6 - 39 d.C), filho e sucessor de Herodes I, que Jesus foi crucificado por atentar contra a ordem Romana e os interesses dos governantes locais.
Esta é a história que se extrai das narrativas bíblicas e replicada ao longo de dois mil anos.

Abaixo “Sagrada Familia” obra do expressionista bielorrusso, Marc Chagall (1887-1985).



Nenhum comentário: