ESTUPRO

CIRES PEREIRA

Como assim, culposo?!
Não há como ser culposo
O crime que é doloso.
Como assim, consentido?!
Não há como ser consentido
Se a vítima estava sem sentido.
Como assim, sem provas?!
Exames comprovaram o abuso
Dopou a mulher pra seu abjeto uso.
O estupro é um CRIME HEDIONDO por configurar uma agressão a um dos sagrados direitos humanos, a liberdade ( o outro é a vida). Mais ainda Inaceitável quando a vítima é criança ou portadora de deficiência física e/ou cognitiva. Em qualquer canto minimamente decente do planeta, é assim!!!
Eis que deparamos com o impensável, a absolvição de um estuprador sob o argumento de que se tratou de um “estupro culposo”, isto é, “não era intensão do estuprador estuprar”.
Já vi e ouvi de tudo nesta pobre “terra abençoada por Deus”, quero dizer, até ontem assim eu pensava.

Comentários