1 de fevereiro de 2021

Diego Armando Maradona

CIRES PEREIRA


Um dos maiores ícones da latinidade
Filho da Argentina, tal qual Berdoglio,
Tornou-se um cidadão do mundo.

Tratava a bola tão bem quanto Pelé
Platini, Eusébio, Zico e Garrincha.
Era sempre “10 com louvor” no campo.

Preocupado com os rumos do mundo
Amante de nossa América Latina
Um “Cabecita Negra” de Lanús.

Era notável em tudo que fazia
Como um pintor com o seu pincel.
Irreverência em primeira grandeza.

Dieguito foi-se muito cedo
A arte de lidar com a bola
Perde um de seus gênios.

Gracias, hermano Dieguito, muchas gracias!!!

Nenhum comentário:

ESPECULAÇÃO SOBRE O TEMPO

CIRES PEREIRA Senhor imaterial das vidas humanas Divindade colossal sem seguidores Referência nada mensurável Suserano que prescinde de baju...