1 de fevereiro de 2021

BEIRUTE

CIRES PEREIRA
Sim, ela pertence aos libaneses, um presentaço dos fenícios que, tijolo por tijolo, edificaram a cidade mais bela de todas. E tudo começou no século XV antes de Cristo, portanto a 3.500 anos.
E quanto a Roma? Quanto a Bagdá? Paris e Londres? Não dá nem pra compará-las, pois sequer estas tinham nascido. Roma, a beira do Tibre data do século VIII antes de Cristo, Bagdá, entre o Eufrates e Tigre, foi fundada no século VIII depois de Cristo, Londres e Paris, com os seus mil anos, são as caçulinhas.
Muito do que se tem na Europa inspirou-se no que havia de mais bonito é melhor no Mundo Oriental. O que seria de nós sem os milenares legados do Oriente, Fenícia, Pérsia, Babilônia, Egito e Judeia.
Beirute sempre “reinou” às margens do Mediterrâneo. Quem a conheceu e quem lá vive confirmam a suspeita de que uma das mais belas do mundo de todos tempos.
Beirute é a capital de um pequeno país, o Líbano, que é pequeno só no nome. Acolhedores (e grandes) são os libaneses que lá moram e os demais que se encontram espalhados em todos os continentes.
Sempre tive muita sorte com os libaneses que conheci, muitos dos quais tornaram-se meus amigos, mais que isso, “irmãos”. Escrevo pra abraçar cada libanês que conheço e não conheço, chorar as vidas que foram ceifadas e torcer pela pronta recuperação dos milhares de feridos.
Beirute que já foi palco de uma contenda violenta entre Cristãos e Muçulmanos nos anos 80, vive um momento difícil e que precisa de todos nós pra reconstruí-la e fazer com que continue bela.

Somos todos Beirute!!! 

Nenhum comentário: