LUTO, VERBO TRANSITIVO

CIRES PEREIRA

Como gosto do Brasil, mas daquele que resiste, que denuncia e que luta. Luto por um Brasil que não aceita desaforos, que não se acomoda e não admite humilhação. 

Não há o amor, tampouco a paz, se não houve luta pra obtê-los. Migliaccio e Aldir sempre souberam disto.

Não há outra opção, senão lutar por um país menos desigual, justo e soberano. 
Não faço concessões, não transijo com fascistas e repilo conluios.

Não esperava que pudesse ser diferente, todos os dias tenho que transpor os obstáculos que eles criam, cada dia mais difícil. Mas eles sabem que somos resilientes.

A contenda tem sido diuturna, lidamos com um “inimigo” que quer o fim desta disputa após seu triunfo. Óbvio esperar nada que minimamente preste deles.

O fascismo se vale, inclusive, da democracia pra assumir o governo, mas querem apropriar-se do poder visando interditar todos os acessos de seus detratores. Foi assim na Itália, na Hungria, Na Alemanha, em Portugal, no Japão, na Áustria e, por fim, na Espanha. 

Agora querem algo semelhante no Brasil, novamente na Hungria e também nos EUA, não lograrão êxito. Nossa disposição vai muito além das notinhas de agravo e repúdio, expediente previsível dos delicados de plantão.

Não sou parlamentar e não sou magistrado, nunca tive disposição pra isto. Mas no lugar deles, certamente faria o oposto, guarneceria a Constituição e jamais prevaricaria.

Os fascistas todos os dias avançam uma “casinha”, pois sabem que não serão punidos, no máximo serão advertidos e/ou censurados. Convenhamos, censura pra eles não é óbice, mas expediente.

A defesa da democracia é um dever de todo democrata, do contrário terá que fazê-lo clandestinamente sob o risco de perder, além da liberdade, também a sua vida.

Não estou de luto, os legados de Migliaccio e Aldir me induzem a continuar na luta pelo amor e pela paz, contra quem quer que seja, como “estes” que pensam ser maiores do que são é que nos imaginam menores do que somos.

Para Migliaccio e Aldir, onde vocês estiverem!

Comentários