ANÁLISE DE DISCURSO: Fragmentos do discurso do Presidente Bolsonaro na ONU em 2019.

Cires Pereira
Dentre as “pérolas”, reveladoras de uma idiotia incurável, ditas pelo Sr Presidente, ressalto esta:

“Os indígenas são tão seres humanos como nós”.

É difícil levar a sério, ainda que o cargo que “ele” nos imponha a isto.
Sobre o governo petista...

“Meu país esteve muito próximo do socialismo, o que nos colocou numa situação de corrupção generalizada, grave recessão econômica, altas taxas de criminalidade e de ataques ininterruptos aos valores familiares e religiosos que formam nossas tradições.”

Comentário: A associação que aqui é feita (socialismo/criminalidade/recessão/ataques a valores familiares e religiosos) não tem amparo na literatura sobre o tema. Frise-se que o missivista faz uma análise inverossímeis, afinal de contas não consta que estivemos “próximos do socialismo”.

Sobre médicos cubanos no Brasil...

“Em 2013, um acordo entre o governo petista e a ditadura cubana trouxe ao Brasil 10 mil médicos sem nenhuma comprovação profissional.”

“Um verdadeiro trabalho escravo, acreditem…Respaldado por entidades de direitos humanos do Brasil e da ONU!”

Comentário: Todos os médicos formados em Cuba tem diploma reconhecido por órgãos internacionais, razão pela qual são os cubanos são os primeiros e se voluntariaram para socorreram pessoas diante de quadros catastróficos, como o terremoto no Haiti e o Ebola na África. A OIT, vinculado à ONU jamais anuiria se assim fosse considerada uma modalidade de escravidão o contrato OPAS/Cuba/Brasil.

Sobre a Revolução Cubana...

“A história nos mostra que, já nos anos 60, agentes cubanos foram enviados a diversos países para colaborar com a implementação de ditaduras.”

Comentário: É sabido que houve um congresso em Havana nos anos 60, no qual progressistas se dispuseram a colaborarem com Cuba que à época resistia heroicamente contra as retaliações criminosos do governo dos EUA. Não há notícias de que o governo cubano tenha estruturado uma política de ampliação da revolução pela América, espalhando seus agentes na região.

Sobre a ditadura militar...

“Há poucas décadas tentaram mudar o regime brasileiro e de outros países da América Latina. Foram derrotados!

Civis e militares brasileiros foram mortos e outros tantos tiveram suas reputações destruídas, mas vencemos aquela guerra e resguardamos nossa liberdade.”

Comentário: Estamos em 2019, logo as décadas de 60 e 70, correspondem a 6 e 7 décadas, respectivamente, ora não podem ser poucas considerando que num século há 10 décadas.

Afirma que as liberdades, individual e coletiva, foram guarnecidas graças aos “civis militares” que detiveram o “mal”, o socialismo. Ora nenhuma pessoa, minimamente instruída, relacionaria liberdade e ditadura.

Sobre Venezuela e Foro de São Paulo ....

“A Venezuela, outrora um país pujante e democrático, hoje experimenta a crueldade do socialismo.

O socialismo está dando certo na Venezuela! Todos estão pobres e sem liberdade!”

"Trabalhamos com outros países, entre eles os EUA, para que a democracia seja restabelecida na Venezuela, mas também nos empenhamos duramente para que outros países da América do Sul não experimentem esse nefasto regime. O Foro de São Paulo, organização criminosa criada em 1990 por Fidel Castro, Lula e Hugo Chávez para difundir e implementar o socialismo na América Latina, ainda continua vivo e tem que ser combatido.”

Comentário: Venezuela que até 1998 tinha a metade da população vivendo abaixo da linha da pobreza e governos que não se dispunham a assisti-las, não era um país pujante. Recordamos aqui o Caracazzo no governo de Carlos Andrés Peres, quando uma multidão foi recebida a bala pelo governo.

Há na Venezuela muitos são pobres, mas não todos. Não fosse a política de assistência definida pela Constituição de 1999 (bolivariana) e pela política de royalties de 2001, sequer estariam vivos hoje.

Sobre OCDE...

"Estamos prontos também para iniciar nosso processo de adesão à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Já estamos adiantados, adotando as práticas mundiais mais elevadas em todo os terrenos, desde a regulação financeira até a proteção ambiental."

Comentário: Como assim, “proteção ambiental”!?

Desconfiando dos dados científicos, Ignorando os postulados dando conta do aquecimento global e colocando óbices no acordo mundial sobre o clima? Estimulando práticas agressoras de biomas como incêndios pra ampliação das áreas de pasto e de cultivo??

Definitivamente, estamos diante de uma vigarice sem precedentes!

Sobre Amazônia e Indígenas...

“Nesta época do ano, o clima seco e os ventos favorecem queimadas espontâneas e criminosas. Vale ressaltar que existem também queimadas praticadas por índios e populações locais, como parte de sua respectiva cultura (sic) e forma de sobrevivência.”

“Infelizmente, algumas pessoas, de dentro e de fora do Brasil, apoiadas em ONGs, teimam em tratar e manter nossos índios como verdadeiros homens das cavernas.”

Comentário: Indígenas e homens da caverna são completamente distintos. Qualquer aluno de quarta série sabe disto.
Quer dizer que os indígenas são os “neros” da floresta? Qualquer reportagem feita sobre o tema atesta o contrário, os agricultores e pecuaristas “brancos” são os que mais incendeiam.


“Nossa política é de tolerância zero para com a criminalidade, aí incluídos os crimes ambientais.”

Comentário: Falar nisto, o senhor pagou a multa pelo crime em Angra? O fiscal que te atuou, foi readmitido?

Sobre o socialismo e a mídia...

“Há pouco, presidentes socialistas que me antecederam desviaram centenas de bilhões de dólares comprando parte da mídia e do parlamento, tudo por um projeto de poder absoluto.”

Comentário: Centenas de bilhões de dólares”. Vamos lá, duas centenas equivalem a 800 bilhões de reais , três centenas a 1,2 trilhão de reais. Pra “comprar a mídia”. Está mídia que esteve na linha de frente do golpe que acabou beneficiando sua eleição???? Onde o senhor recolheu estas informações?

Sobre Violência e Policia...

“Só em 2017, cerca de 400 policiais militares foram cruelmente assassinados. Isso está mudando.”

Comentário: Só em 2019 (estamos em setembro) a polícia carioca matou 1.238 pessoas, muitas das quais inocentes e indefesas, majoritariamente pretas e pobres. É incrível (e previsível) que o Presidente omita isto!

Sobre religiosidades....

“A perseguição religiosa é um flagelo que devemos combater incansavelmente.”

“Preocupam o povo brasileiro, em particular, a crescente perseguição, a discriminação e a violência contra missionários e minorias religiosas, em diferentes regiões do mundo.”

“É inadmissível que, em pleno Século XXI, com tantos instrumentos, tratados e organismos com a finalidade de resguardar direitos de todo tipo e de toda sorte, ainda haja milhões de cristãos e pessoas de outras religiões que perdem sua vida ou sua liberdade em razão de sua fé.”

Comentário: há neste excerto uma mensagem subliminar que atribui aos não cristãos, sobretudo aos muçulmanos, a intolerância. Nada foi dito quanto a intolerância cristã aqui no Brasil quanto às religiosidades não cristãs, sobretudo de matriz africana.

Sobre ideologia ...

“A ideologia invadiu nossos lares para investir contra a célula mater de qualquer sociedade saudável, a família.” (...) A ideologia invadiu a própria alma humana para dela expulsar Deus e a dignidade com que Ele nos revestiu.”

Comentário: Este anticientificismo tacanho é típico da turma que governa o país. A ideologia é, e sempre será, a base da compreensão do já conhecido, da confirmação dos postulados, da criação humana e do futuro da humanidade. Governos e Igrejas que se sucumbem aos seus imperativos dogmáticos precisam aceitar isto.
                                  #####################

O discurso de Bolsonaro na ONU foi...

Ideologicamente previsível
Intelectualmente desonesto
Eticamente excludente
Politicamente irresponsável

Carente de moralidade
Pobre de argumentos
Abundante em ódio
Entreguista, mas com carcaça patriótica.

Dissimulado, abjeto e dispensável!

O mundo saberá reagir o suficiente pra que estas ervas daninhas não prosperem!

Comentários