1 de setembro de 2019

Versos infames

CIRES PEREIRA
Resultado de imagem para IDIOTAS DE VERDE E AMARELOS
Na continental terra do capitão
O menino do bodoque tropeça
Numa ônix próxima ao mourão

Preterido pela goiabeira
Sem o amparo da oliveira
Bebianno sangra

Para alívio geral da matilha
Que se encastelara no Plano Alto
Da pátria entorpecida.

Sonolento, o gigante pigarreia
E seus zumbis amarelos
Recolhidos nas faustas varandas.

Nenhum comentário:

ESPECULAÇÃO SOBRE O TEMPO

CIRES PEREIRA Senhor imaterial das vidas humanas Divindade colossal sem seguidores Referência nada mensurável Suserano que prescinde de baju...