1 de setembro de 2019

TEMPOS INTOLERANTES: “A permissão para a posse e o porte de armas: Uma comparação necessária.”

Cires Pereira

Em grande parte dos EUA, a legislação assegura o direito dos cidadãos em adquirir e portar amas. No Brasil, ainda que com algumas restrições pontuais, os cidadãos poderão também adquirir e portar armas.
Obviamente que precisamos guardar proporções considerando uma comparação entre dois universos distintos, ainda sim pode-se projetar para o nosso universo situações semelhantes às vivenciadas nos EUA.

Os eventos organizados e os lugares frequentados pelo público nos EUA, por força de uma rígida legislação, sobretudo após os atentados em setembro de 2001, precisam décima complexa, enorme e cara estrutura de segurança. Em todos os lugares e eventos não é possível entrar antes de uma minuciosa revista no corpo e nas bolsas. Material cortante e armas de fogo nem pensar!

No Brasil toda a estrutura de segurança é bem mais branda e, por isso, muito falha. Enfim, sentimo-nos mais seguros lá do que cá, mas isso tem um custo. Com os custos elevados, os valores pra assistir à um evento e pra acessar um lugar no Brasil aumentariam e restringiriam mais ainda o acesso dos setores populares, aqui majoritários. Portanto, no Brasil é quase impossível imaginar estrutura semelhante à dos EUA.

Lá, tem sido cada vez mais comum atentados com armas de fogo. Ontem e hoje, dois atentados, um no Texas e outro em Ohio, deixaram dezenas de feridos e 30 mortos. Pelas primeiras diligências, tudo sinaliza pra atentados cometidos por sociopatas sem vinculação com questão religiosa.

Aqui no Brasil, os atentados são poucos, comparados com o que se tem nos EUA, entretanto com a nova legislação não podemos deixar de considerar uma certa facilitação pra ocorrências semelhantes. Ademais lá e aqui tem aumentado os números de fanáticos de toda espécie e de potenciais sociopatas.

Eis mais um motivo que nos levam a considerar equivocada a atitude do governo brasileiro que, no afã de reduzir a violência no país, optou por facilitar a aquisição e permitir a posse e o porte de armas. Definitivamente passa a ser ainda mais perigoso frequentar lugares públicos e eventos no Brasil.

Nenhum comentário: