O QUE É SER DESONESTO?

CIRES PEREIA
Imagem relacionada
Pra entender melhor o que é ser desonesto, apresento-lhes uma situação, e o farei ficticiamente na primeira pessoa do singular.


Era Deputado Federal e trabalhava em Brasília e, graças a minha influência no partido, consegui um emprego pra meu filho mais velho. Entre dezembro de 2000 e junho de 2002, substituiu sua mãe, e passou a “trabalhar” como assessor do partido Na Câmara Federal, um trabalho que exigia 40 horas por semana em Brasília.

No ano de 2001, - consta em seu IRPF - meu filho recebeu mensalmente 4.712 reais, o equivalente a 26 salários mínimos. Hoje seria algo em torno de 25 mil reais por mês.

Como nesta época meu filho cursava a faculdade de Direito no Rio de Janeiro e estagiava na Defensoria Pública na mesma cidade, não tinha como estar ao mesmo tempo em Brasília e no Rio de Janeiro. Mesmo assim, recebia os salários que eram pagos pela Câmara dos Deputados, mesmo sem trabalhar. Portanto, seus salários eram pagos pelos contribuintes.

Eu, o meu partido e meu filho, obviamente, temos evitado comentar este assunto, e não sermos alvos de críticas, pelo menos durante o período eleitoral pra não nos prejudicar.

Hoje, graças ao nosso discurso em defesa da honestidade, contrário ao nepotismo e de combate à corrupção, fomos eleitos. Eu, Presidente do Brasil e, ele, Senador da República.

Comentários