1 de setembro de 2019

GOLPE

CIRES PEREIRA
Infame num dia em que (ironia!?)
Era o dia da mentira
Infâmia e mentira irmanadas
Continentemente perfiladas
A mentira de quepe oculta o odioso fato
Coturnos lustrados caluniam dissonantes
Fardas engomadas satanizam protestantes

Sempre dizem em uníssono
Terem-se lançado contra o comunismo vil
Tudo por Deus, tudo pelo Brasil!

O armado traveste-se de amado
Ama (é o que diz) mais que o civil
Este “gigante” (supostamente) “varonil”

Provocantes, comemoram o ato
Postam-se como revolucionários
Reivindicam-se como redentores

Guarnecedores da “ordem reta”
Uma ordem que pra nós
Não é outra, senão abjeta!

Nenhum comentário: