24 de julho de 2019

NAZISMO, DE ESQUERDA!?

O posicionamento de Jair Bolsonaro sobre o Nazismo (Nacional-Socialismo) classificando-o como de “esquerda” - o que implica numa ideologia anticapitalista - contraria até mesmo o discurso oficial do III Reich, conduzido por Hitler na condição de “Fuhrer” (1934-1945)

Todos os pronunciamentos de Hitler, de seu Partido (NSDAP), de seus ministros confluíam na defesa da ordem burguesa e capitalista, no combate sistemático às esquerdas, na postura contrária ao liberalismo econômico e ao liberalismo político, enfim eram enfáticos na defesa da propriedade privada dos meios de produção, do lucro e da economia de mercado.

Hitler, à frente do NSDAP - sigla do Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei -, se definia como “nacional-socialista”, que em nada se assemelha ao “socialismo” propugnado pelo Karl Marx ou ao “comunismo”, este também defendido pelo anarquismo bakuninista.

Ater-se às nomenclaturas ou aos rótulo significa conhecer o evento ou o objeto em sua superfície ou, no limite, conhecer uma versão e ignorar outras.

Nossos alunos dos ciclos fundamental I e II conhecem fatos e objetos também de maneira superficial. Quando alcançam o Ensino Médio, revisam conceitos apreendidos e aprofundam na investigação pra melhorarem a conceituação e estabelecer relações entre um e outro evento contemporâneos ou entre passado e presente. Araújo e Bolsonaro parecem ter, sobre este fato, parado nesta primeira ou “primária” abordagem.

Será?

Ambos cursaram todos os níveis de ensino, tiveram aulas sobre este tema e, provavelmente, leram a respeito, logo não se trata de falta de informação.

Então o que seria?

Desonestidade intelectual? Escárnio? Ou Cinismo?

Os três juntos e misturados.

Nenhum comentário: