POBREZA

Cires Pereira
É fome.
É não ter onde morar. 
É adoecer e não poder se tratar.
É não ter um trabalho.
É morrer por falta de água limpa.
É falta de poder.
É falta de representação.
É não ter liberdade.
Não há como não imputarmos à minoria incluída, a pobreza da maioria.
Peça-me o que quiseres, menos a passividade, o alheamento e a tolerância em meio a tanta pobreza.
Postar um comentário

POSTAGENS MAIS LIDAS

UNESP 2017 RESOLUÇÃO PROVA HISTÓRIA 1ª FASE

"ESQUADROS" DE ADRIANA CALCANHOTO, UMA ANÁLISE

VESTIBULAR UNICAMP 2018 RESOLUÇÃO PROVA HISTÓRIA

ENEM 2016-2 DEZEMBRO RESOLUÇÃO CIÊNCIAS HUMANAS - HISTÓRIA

ENEM 2016-2 DEZEMBRO RESOLUÇÃO CIÊNCIAS HUMANAS - FILOSOFIA