TÔ NEM AÍ...

CIRES PEREIRA
Mês passado, mataram um muçulmano. 
E dai? Sou cristão!  
Semana passada, eliminaram um protestante cristão. 
E dai? Sou católico! 
Hoje ameaçaram um católico de São Paulo. 
Tranquilizemo-nos, estamos em Minas. 

Amanhã poderão chegar em Uberaba. 
Ufa, moro em Uberlândia. 
Em seguida poderão chegar, já na semana que entra, em Uberlândia.  
Estarei viajando, felizmente! 
Mas pretendem capturar alguém no seu bairro. 
Paciência, estarei longe. 


Mas, e no próximo mês, você estará em casa?

Sim, mas porque? 
Ora a tendência é que eles optem pelo meio mais fácil e cômodo. 

Como assim? 

Como tem estado alheio às desgraças sobre seus semelhantes, capturando você, ninguém se importará. Sua ausência não será sentida do mesmo modo que você não sentiu a ausência dos outros.
0