22 de dezembro de 2014

POEMA: SENTIDOS

CIRES PEREIRA


Digo o que escrevo
Escrevo o que leio
Leio o que vejo
Ouço o que digo

Escrevo o que digo
Digo o que leio
Leio o que escrevo
Vejo o que digo

Vejo o que leio
Escrevo o que ouço
Digo o que ouço
Ouço o que leio

Ouço o que vejo
Leio o que ouço
Vejo o que escrevo
Digo o que vejo

Vejo o que ouço
Escrevo o que vejo
Ouço o que escrevo
Leio o que digo

Sinto quando leio
Sinto quando escrevo
Sinto quando ouço
Sinto quando vejo
Sinto quando digo

Sinto o que sou
Sinto muito
Sou o que sinto
Sim, eu sinto!

Penso o que sinto
Sinto o que penso
Penso e sinto
Sinto, penso...

Existo!
Postar um comentário