20 DE NOVEMBRO E A CONSCIÊNCIA NEGRA NO BRASIL

CIRES PEREIRA
O Dia da Consciência Negra é uma data celebrada no Brasil no dia 20 de Novembro. Em 2003 a lei 10.639 incluiu o 20 de novembro no calendário escolar brasileiro e tornou obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileiras. A ideia é destinar o 20 de novembro como um dia especial de reflexão sobre os negros na sociedade brasileira. 

É uma homenagem a Zumbi dos Palmares, liderança na luta dos afro-brasileiros no final do século XVII, ele foi morto no dia 20 de novembro de 1695.  Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares dedicou a sua vida lutando contra a escravatura no período do Brasil Colonial. Os africanos eram arrancados de seus lares na África e traficados pra trabalharem como escravos no Brasil, então colônia portuguesa, este regime de trabalho escravo era extensivo aos seus descendentes nascidos nas colônias.

O OCASO DO QUILOMBO (1678-1695)

Nos últimos vinte anos do Quilombo de Palmares observou-se uma disputa interna entre Ganga-Zumba e Zumbi, tal disputa estava associada à não concordância de Zumbi com a política de negociação com os brancos conduzida por Ganga-Zumba. Zumbi após ter conquistado a maioria do Conselho da Confederação e a morte de Ganga-Zumba por um liderado de Zumbi., passou a liderar a comunidade de Palmares em 1694, quando foi invadida e destruída pelo bandeirante paulista Domingos Jorge Velho e seus quase 9.000 comandados.


Palmares resistiu por quarenta e dois dias aos ataques dos invasores. Mas em 5 de fevereiro de 1694, Macaco, a capital do quilombo, tombou, aproximadamente 400 quilombolas morreram, outros 500 foram presos e vendidos fora da Capital de Pernambuco, milhares conseguiram fugir, entre eles Zumbi, contudo foi capturado e morto no dia 20 de novembro de 1695.
Abaixo o clip da música Canto das Três Raças de Paulo Cesar Pinheiro e Mauro Duarte belamente interpretada pela imortal Clara Nunes. 

0