29 de abril de 2014

UMA IDEIA PARA A CAMPANHA DE DOAÇÃO DE SANGUE, ÓRGÃOS, TECIDOS E MEDULA ÓSSEA

CIRES PEREIRA


Não tenho a menor vocação para publicidade, mas ocorreu-me uma ideia que pode ser de grande valia. Tomarei como exemplo a doação de medula óssea, pois a melhor forma de combater a leucemia é ainda o transplante de medula óssea. Compreendam de que se trata de uma necessidade imediata, pode ser que um gesto seu hoje possibilite a salvação de um ser humano que há muito tempo suplica por uma medula compatível.
 Há quatro anos nosso país tornou-se o terceiro maior doador de medula óssea do mundo com mais de 1 milhão e 300 mil doadores cadastrados. EUA e Alemanha ainda são os maiores. Um número expressivo, porem ainda pequeno para uma demanda de mais de 2.500 pacientes na fila por uma medula compatível, pois a chance de se encontrar uma medula compatível entre doador e receptor pode chegar em 1 em 1 milhão.

Penso que é perfeitamente possível um banco de doadores acima de 5 milhões. Atenderíamos ao Brasil e sobraria muito pra socorrermos eventualmente outros países. O segredo é a publicidade que tenha duas bases: a primeira é a conscientização e a segunda a atitude. Então chamo a atenção para a atitude. Deveríamos tornar públicos que somos doadores, isto é diga nas redes sociais, cujo poder de republicação é enorme, que você já doou e estimule seus amigos a fazerem o mesmo.

Requisitos básicos para doar sangue

Estar em boas condições de saúde.
Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (os menores de 18 anos precisam  de documentação específica)

  • Pesar no mínimo 50kg. 
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas). 
  • Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação). 
  • Apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).
Para se cadastrar como Doador Voluntário de Medula Óssea é preciso:

Dirigir-se ao Hemocentro mais próximo de seu domicílio
Ter entre 18 e 55 anos
Ter bom estado de Saúde
Colher uma amostra de sangue (4ml) para o exame de compatibilidade (HLA)
Fornecer os dados cadastrais, levar CPF e RG.
Postar um comentário