UBERLÂNDIA: UMA AMIGA DE LONGA DATA



Cires Canisio Pereira 31 de Agosto de 2013

Nasci numa cidade próxima a você, Patrocínio também nas nossas Minas Gerais, sinto muitas saudades de minha terra, contudo como atenuante sinto-me bem com o abrigo de seus braços. Olha que nossa relação já é de longa data. Me acolhestes, como uma mãe acolhe a um filho. Sou-lhe muito grato por isso. Denominam-me de uberlandino. Nós, os uberlandinos, e os uberlandenses, como minha filha, lhe somos gratos por tudo. 
Tenho tentado retribuí-la, e não falo apenas dos tributos que recolho na esperança de que, com eles, possa se embelezar ainda mais e tratar seus outros amores com respeito e a altura do seus merecimentos e necessidades. 

Tenho acompanhado seu crescimento com alegria, mas também com preocupação. Acompanho e fiscalizo os que por nós foram escolhidos para nos representar e para nos (te) governar, os problemas são enormes e de difícil e custosa reparação. Esperamos que os recursos estejam sendo bem e decentemente empregados, pois nós queremos ser bem assistidos, bem tratados, respeitados pra que você, Uberlândia, continue sorrindo e nos abraçando.

Numa de suas principais artérias, a João Naves de Ávila, assistimos recentemente a uma das mais expressivas manifestações de uma parte de seus filhos, exigindo melhorias aqui e em todo o nosso país. A despeito dos vandalismos praticado por alguns e de algumas posturas e proposições de outros, a maioria na rua exigia uma cidade melhor e um país melhor, menos desigual e menos injusto. Tenho certeza que você Uberlândia, assustada naquele dia, levantou no dia seguinte melhor e orgulhosa pelos filhos que tem. 

Ficou a certeza de que muitos de seus filhos também podem ser combativos, podem ser participativos. Tudo isto pode ser muito bom, pois pressionam nossos (teus) governantes e representantes a agirem melhor, com senso de justiça e com retidão.

Parabéns amiga pelos seus cinco quartéis de vida. Eu e provavelmente seis centenas de milhares de uberlandinos e uberlandenses te (nos) queremos bem.
0